Translate

terça-feira, 3 de julho de 2012

Qual é o preço da liberdade?

Segundo o dicionário liberdade significa: faculdade de fazer ou não qualquer coisa, de escolher; independência, ou seja, poder fazer aquilo que tem vontade sem precisar dar satisfação para ninguém, quando eu menciono qualquer coisa, realmente é qualquer coisa, se enquadrando até mesmo a insanidade.
Quando moramos na casa dos pais, estamos sempre pedindo mais liberdade, os jovens querem sair, os casais querem mais espaço e por aí vai. Na década de 60 os estudantes, comunistas e todos em geral pediam liberdade, liberdade de expressão... Hoje podemos dizer que quase tudo é permitido, não há mais o que pedir ou o que procurar para saciar esse fascínio, essa sede incessante de encontrar a “bendita” liberdade – mesmo quando já se têm –. O que podemos observar são pessoas “procurando essa liberdade” por outro ângulo, o não tão bom. A maconha, por exemplo, há alguns meses muitos usuários e simpatizantes da “causa” fizeram manifestações para a legalização dela. O uso dela legalmente é uma forma de liberdade, além de ser também um grande exemplo de que não sabem mais o que reivindicar para conseguir a liberdade que – como foi citado mais acima – já se tem. É triste essa realidade. Por mais que eu não concorde com essa legalidade do uso da planta canabys e de qualquer outro tipo de droga, respeito à opinião do outro, todos têm a “liberdade” de pensar e agir da forma que acham certo.
Outro fator “básico” que sempre vemos por aí são os roubos, não seria ele, também, algo que faz parte da liberdade? Pensem bem: mesmo sendo proibido cada um tem a “liberdade” de fazer o que bem entendem, porque sabem da grande defasagem que já na fiscalização no que tange a esse assunto. Prejudicar alguém, não seria outra forma de utilizar indevidamente da liberdade? E matar alguém, assassinar a sangue frio, isso não seria também o uso abusivo – e absurdo – de liberdade? Pois é! De que adianta tanta liberdade, tanta briga e conflitos por nada, pois como sabemos a liberdade está dentro de cada um, os quais fazem dela aquilo que querem, por isso se chama liberdade – lembram do significado do dicionário citado lá em cima? Independência –. Mas agora, caros leitores, lhes pergunto: _Qual é o preço da tão “sonhada” liberdade?

Por Mariane N. Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UP agradece sua visita e o seu comentário. Sinta-se sempre bem vindo ao nosso cantinho.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...