Translate

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Dignidade pisoteada

A que ponto chega o ser humano. Hoje enquanto trabalhava um senhor, de aparência simples, cabelo curto grisalho, aparentando ter de sessenta anos para mais, agasalhado com uma blusa de lã azul e utilizando uma muleta chegou até o escritório pedindo ajuda para que pudesse comprar remédio contra um câncer no estômago, todos que comigo trabalham e no momento tinham condições de ajudar, ajudaram. Fiquei feliz em saber que pessoas boas ainda existem e estão ao meu redor, mas ao mesmo tempo muito triste em ver a que ponto pode chegar uma pessoa, ter que pedir dinheiro para comprar remédio. 

Existem charlatões pedindo nas ruas, mas para comprarem produtos indevidos não porque precisam, no entanto quando vemos que existem pessoas que realmente precisam de “esmolas” para comprar até mesmo remédios, é triste, muito triste. 
Fico imaginando se algum dia esse senhor, que aqui esteve hoje, vai estar na rua caminhando como um cidadão qualquer, onde tenha melhorado e possa gozar da vida sem precisar passar pela “humilhação” de pedir dinheiro, novamente. Penso também o que se passa pela cabeça dele, que um dia pode trabalhar ganhar o próprio sustento e que hoje necessita de ajuda. 
Senti a vergonha que o senhor sentiu no momento em que olhou para mim quando pedia, encarecidamente e com muita educação, aquela mísera ajuda. Ao sair, pediu desculpas por ter nos “atrapalhado” aquele momento, o que com toda certeza do mundo não fez, atrapalhar. Sei que a pena, a dó é um dos piores sentimentos de sentir para com o próximo, mas mesmo assim, naquele momento foi o que me preencheu, a pena. Espero que um dia, esse senhor possa melhorar e voltar a uma vida sadia, espero também que um dia os filhos dele revejam seus conceitos e ajude-o para que não precise, nunca mais, passar pelo que passou hoje. Quantos nãos ele não recebeu? Quantos, desculpa, mas não posso ajudar! Isso é humilhante para alguém que passou uma vida trabalhando e hoje se ver perdido nessa imensidão de injustiças.

Por Mariane N. Souza

2 comentários:

  1. ESSA DIVERSIDADE QUE HÁ NA VIDA DOS SER HUMANO, ESSA DESIGUALDADE QUE PREJUDICA E FAVORECE ESSA VIDA QUE MUITOS LEVAM, DEUS ESTÁ VENDO ISTO E COM CERTEZA ESTÁ MUITO TRISTE COM NÓS E MESMO NO SEU AMOR MAIS INTENSO NÃO INTERFERE NO LIVRE ARBÍTRIO DE SEUS FILHOS, onde estes aproveitam para fazer com que haja a desigualdade. MIRIAM

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você Miriam... Obrigada pelo comentário!

    ResponderExcluir

UP agradece sua visita e o seu comentário. Sinta-se sempre bem vindo ao nosso cantinho.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...