Translate

domingo, 21 de outubro de 2012

Garras de assassino

Da minha boca gritos ecoam
Dos meus olhos lágrimas caem
Das suas mão meu coração voa
Arrancado com garras de bandido.

Pelo chão o sangue pinga
Deixando marcas da minha dor
Em minha mente a alma grita
Sofrendo por seu amor.

Nos meu olhos, veem sua imagem
Levando meus sonhos e indo embora
Deixando-me no chão, agonizando
Lutando por vida de outrora.

Por Mariane N. Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UP agradece sua visita e o seu comentário. Sinta-se sempre bem vindo ao nosso cantinho.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...