Translate

domingo, 22 de janeiro de 2012

Que saudade da minha infância

Que saudade da minha infância
Onde os doces tinham mais açúcar
O chiclete tinha um sabor mágico
E as balas... hummm... Essa era uma delícia.

Que saudade da minha infância
Brincávamos de pique esconde, pega pega, polícia e ladrão...
Meninos e meninas correndo, gritando, pulando...
Todos misturados sem malícia

Que saudade da minha infância
Com sabor de chocolate
E aroma de folhas verdinhas

Que saudade da minha infância
No colinho da vovó
Ouvindo histórias, tomando chá
E comendo biscoitos

Que saudade da minha infância
Onde corríamos pelas enxurradas
Andando no barro
Nos dias chuvosos

Que saudade da minha infância
Onde subíamos nos galhos das árvores
E comíamos fruta do pé
Ah! Sabor inconfundível

Que saudade da minha infância
E dos bichinhos que corríamos atrás
Pato, cavalo, porco, cachorro, gatos...
Éramos amigos dos animais

Que saudade da minha infância
Onde todos tinham o mesmo valor
Sem distinção de cor, beleza...

Que saudade da minha infância
Tempo que não vai voltar
Mas que deixou marcas gostosas
Com lembranças e saudades que me fazem chorar

Por Mariane N. Souza

3 comentários:

  1. TAMBÉM SINTO SAUDADES DE MINHA INFÂNCIA MUITA SAUDADE, E NÃO VIA A HORA DE SER ADULTO AGORA DAVA TUDO PARA VOLTAR A SER CRIANÇA.MIRIAM

    ResponderExcluir
  2. Mari, vc me fez lembrar de muita coisa.
    DA minha casa onde cresci, que tinha muitas frutas no quintal e pegávamos elas na árvore mesmo, das tarde com minha avó, das vezes que brinquei com barro, hahaha..
    Que post mara! Parabéns! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pessoal pelos comentários.. Ah! que delíci né Luiz, a infância é incrível!!! *-*

      Excluir

UP agradece sua visita e o seu comentário. Sinta-se sempre bem vindo ao nosso cantinho.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...